Menu

O Lugar certo da emoção!

Maior confronto direto do NBB CAIXA, hegemonia e visitantes ingratos; confira os 10 fatos da partida entre Flamengo e Bauru deste sábado

16 FEV 2018
16 de Fevereiro de 2018
Poucos confrontos diretos ganharam tanta proporção quanto Flamengo x Sendi/Bauru Basket nos últimos anos. Rivais em jogos grandiosos, os dois times conquistaram títulos expressivos e “dominaram” o NBB CAIXA nas últimas cinco temporadas. Neste sábado (17/02), às 14 horas (de Brasília), ambos ficarão frente a frente mais uma vez pela competição, na Arena Carioca 1, com transmissão ao vivo da Band. Com isso, reunimos os 10 principais fatos deste grande duelo. Confira:
O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Número um!

Nenhum outro confronto ocorreu tanto na história do NBB CAIXA quanto Flamengo x Bauru. O duelo deste sábado será o 35º entre as equipes. A vantagem histórica é significativamente rubro-negra. Nas 34 partidas anteriores, a equipe carioca venceu 24, enquanto que o rival do interior paulista levou a melhor em 10 jogos.

Visitantes ingratos

Ultimamente, o confronto direto entre os dois times está sendo dominado não por quem atua ao lado de sua torcida, mas sim, pelos visitantes. Nos dois duelos entre os times na temporada passada, e no único realizado nesta edição, o time que atuou fora de casa levou a melhor. Ao todo, são 17 vitórias de visitantes contra outras 17 de mandantes no histórico geral dos dois times.

Soberano

Apesar de não ser o líder, e sim, o segundo colocado, o Flamengo é soberano quando se trata das estatísticas coletivas. O rubro-negro carioca tem o melhor ataque (85,3 PPJ), é o que mais distribui assistências (20,5 APJ), é o líder em eficiência (101,2 EPJ) e ainda tem o melhor saldo de pontos de toda competição, com 238.

Faz falta

Um dos jogadores com histórico enorme quando se trata de enfrentar o Flamengo, Alex Garcia não poderá atuar naquele que poderia ser o último confronto dele contra seu companheiro de geração, Marcelinho Machado, pela competição. A ausência do ala e capitão do Bauru, sem dúvidas será sentida pelo time. Com média de 18,5 de eficiência por partida, o camisa 10 do Dragão lidera o NBB CAIXA 17/18 na estatística, às vésperas de completar 38 anos de idade.

Noite de recordes

Sem Alex já nos últimos dois jogos, o Bauru vai tentando se virar como pode. Na última quinta, brilharam as estrelas de Renan Lenz e Osvaldas Matulionis, que registraram seus novos recordes pessoais em pontos no NBB CAIXA. O ala/pivô brasileiro liderou a equipe paulista, anotando 22 pontos em 29 tentados. Já o lituano, que faz sua primeira temporada no Brasil, contribuiu com 16 pontos, em 25 minutos de atuação.

Sobrando

A grande fase vivida pelo Fla pode ser observada pela média de saldo de pontos que seus atletas têm quando estão em quadra. Dos cinco líderes desta estatística no NBB CAIXA 17/18, quatro são rubro-negros: JP Batista (8,9 +/-), Ronald Ramon (8,9 +/-), David Cubillan (8,2 +/-) e Marquinhos (8,1 +/-). O único atleta de outra equipe no Top 5 é justamente Alex Garcia, do Bauru, que tem média de 8,2 +/- por partida nesta temporada.

No topo

Apesar de ser o quinto na estatística de saldo de pontos quando está em quadra, Marquinhos lidera de forma absoluta o ranking entre os cestinhas do NBB CAIXA 17/18. Com média de 17,9 pontos por partida nesta temporada, o ala brasileiro está à frente dos norte-americanos Holloway (16,8 PPJ), Shamell (16,4 PPJ) e Cook (15,4 PPJ), e do brasileiro Cauê Borges (15,5 PPJ), que fazem o Top 5 do quesito.

Hegemônicos

Rivais em duas decisões do NBB CAIXA, ambas vencidas pelo Flamengo (14/15 e 15/16), as duas equipes são as detentoras dos últimos cinco títulos da competição. Enquanto o rubro-negro carioca teve quatro conquistas entre as temporadas 12/13 e 15/16, o Bauru é o atual campeão do principal campeonato do basquete nacional.

300!

Um dos maiores nomes da história do NBB CAIXA e em sua última temporada como atleta profissional, Marcelinho chegará ao seu jogo de número 300 na competição neste sábado, contra o Bauru. O ala é nada mais nada menos do que pentacampeão, líder absoluto em arremessos de 3 pontos convertidos (952) e o quarto em pontos (5575) na história do campeonato.

A fase é boa

Na ausência de Alex, Rafael Hettsheimeir sem dúvidas terá ainda mais importância para o jogo deste sábado. Cestinha do Bauru na competição, com média de 14,1 PPJ, o pivô vive uma ótima sequência. Nos últimos nove jogos, Hett tem uma média de 16,9 pontos, anotando ao menos 10 tentos em cada um deles.

TEXTO: LIGA NACIONAL DE BASQUETE
FOTO: VICTOR LIRA/BAURU BASKET
Voltar
Tenha você também a sua rádio