Menu

O Lugar certo da emoção!

Diretoria de Futebol do Sport é destituída

16 FEV 2018
16 de Fevereiro de 2018
A Diretoria de Futebol do Sport foi destituída na tarde desta sexta-feira (16), um dia depois de o time ser eliminado na segunda fase da Copa do Brasil. O anúncio coube ao presidente do Clube, Arnaldo Barros, que deixa de acumular a Vice-Presidência de Futebol. Saem os diretores Augusto Carreras, Aloísio Maluf e Rodrigo Barros. Já o executivo Alexandre Faria está, por hora, afastado do cargo.

“Nós resolvemos que vamos nos retirar do futebol para dar oportunidade para que outros rubro-negros venham colaborar e dar uma nova diretriz ao futebol. Eu quero agradecer penhoradamente o sacrifício, a dedicação e o zelo que essas pessoas tiveram comigo no futebol desde o primeiro momento”, disse o mandatário. “Faço isso de coração aberto, com a convicção e a tranquilidade do dever cumprido. Porque, se não alcançamos as metas que nós imaginamos, nós temos a consciência que demos o máximo de nós para que isso pudesse ocorrer”, completou.

Segundo Arnaldo, as negociações para o anúncio do novo Vice-Presidente de Futebol já estão acontecendo. “Quanto à nova diretoria, nós imaginamos o mais rápido possível anunciar. Faltam alguns detalhes, tratativas, para que nós possamos dar conhecimento ao público”, disse o presidente. “Já fizemos convites (para Vice-Presidente), estamos em negociação, porque não é uma função fácil para se preencher. Porque existem várias condicionantes, como tempo, disponibilidade... É uma exposição muito grande. Às vezes, você sofre muito mais do que imagina. Temos que respeitar as pessoas. Esperamos que aqueles que são verdadeiramente rubro-negros, apaixonados, possam contribuir. Não tenho condições de adiantar nomes porque não fui autorizado”, completou.

Sobre o executivo Alexandre Faria, Arnaldo Barros também explicou a situação. “Imagino que a intenção de vocês (repórteres) é saber também sobre o substituto de Alexandre Faria. Interinamente, quem responde é o coronel Adelson Wanderley. Vamos aguardar a indicação do novo Vice-Presidente para que ele possa livremente construir a nova diretoria de futebol”, afirmou. “Alexandre está afastado. Vamos aguardar a decisão do novo Vice-Presidente. Se ele achar por bem manter Alexandre, vamos respeitar, porque ele terá toda a autonomia. Se não, ele será demitido. Já foi avisado”, finalizou. 

TEXTO E FOTO: SPORT
Voltar
Tenha você também a sua rádio