Menu

O Lugar certo da emoção!

Defesa tem o melhor início de ano desde 2008

12 FEV 2018
12 de Fevereiro de 2018
Com apenas quatro gols sofridos em sete jogos, sistema defensivo ganhou mais segurança neste começo de temporada

Com uma série de atividades táticas no CT da Barra Funda e muito empenho nos jogos, o sistema defensivo está cada vez mais sólido neste início de temporada. E os números já apontam esta evolução: com quatro gols sofridos em sete jogos, o São Paulo tem o melhor início defensivo do clube desde 2008, quando também sofreu o mesmo número de gols.

A última vez que o Tricolor foi menos vazado do que isso foi em 1983, quando a equipe não sofreu nenhum gol nos primeiros sete confrontos disputados. A segurança em campo e a certeza de que a equipe está no caminho certo para acirrar a briga por títulos em 2018 motivou ainda mais os atletas são-paulinos.

“Precisamos continuar trabalhando, é um progresso. O time está evoluindo, tenho certeza que o São Paulo vai evoluir muito e dar alegria ao torcedor. Não é um futebol de encher os olhos, mas dá resultado e estamos no caminho certo para ter um time competitivo. Vamos valorizar a terceira vitória seguida e a terceira partida sem sofrer gol”, avaliou o goleiro Sidão.

Nos últimos três jogos, o Tricolor não foi vazado: Madureira (1 x 0), pela Copa do Brasil, Botafogo-SP (2 x 0) e Bragantino (1 x 0), ambos pelo Campeonato Paulista. “Ficamos felizes com estes números, porque mostra a evolução da nossa equipe. Ainda estamos no começo da temporada, mas é importante ter esta solidez defensiva. Todo o time tem se dedicado bastante para ajudar na marcação, inclusive os meias e atacantes”, destacou Rodrigo Caio.

No dia a dia do CT, é comum ver o técnico Dorival Júnior e os auxiliares comandando trabalhos na linha de defesa para ajustar o setor de marcação. “É importante ter um balanço defensivo para compactar o setor. Realizamos treinos diários para ajustar isso e ter uma defesa forte. Pouco a pouco vamos construir uma equipe ainda mais confiante”, analisou Jucilei.

Voltar
Tenha você também a sua rádio